domingo, 23 de setembro de 2012

# foi assim alexa no trendalert;) (para quem não leu;) )

Alexajysas

AlexaJysas é a pala homofona do seu próprio nome, mas para a graça. Tem 40 primaveras contadas, fez a António Arroio, Licenciou-se em Design de Comunicação pelo IADE e ainda tem o 1º ano do curso de desenho da SNBA. Gosta de dar aulas e por isso tem no seu curriculocoisas como: Professora de Ed. Visual, Design, Oficina gráfica, Formadora de Corel Draw, Freehand e Pré-Impressão, mas também trabalhou como designer e account em várias agências de design e publicidade.
Disse-nos que o que a faz levantar para beijar mais um dia são os amigos, o namoro, as mulheres da familia, o poder conhecer pessoas, a praia, o poder ler e sublinhar, ler revistas, pesquisar moda e “coisas giras” na net, andar de bicicleta e correr, astrologia e adivinhar signos,cor, sol,  dormir sesta, rir, ir ao cinema, petisco, vinho, chocolate. Tudo coisas boas, portanto!
aqui fica a entrevista a Alexandra Jesus!
O que é que te inspira? 
Tudo!!!!!!! As pessoas na rua, as cores de tudo, as músicas que ouço, as revistas que vejo, Espanha, as conversas, as saídas com os meus amigos, a praia, o final do dia, a manhã,quando vou correr organizo-me e tenho ideias, as meditações que faço, sorrir para os outros.
Como é que começaste a pintar? 
Sempre gostei de pintar. Tanto que queria ir para pintura na Faculdade e por conselho dos meus pais segui Design de comunicação pois assim ganharia mais e poderia pintar na mesma, mas por ironia do destino foi na pintura que encontrei o meu equilíbrio. Em 1998 fiz uma exposição de pintura no atrium saldanha onde vendi 3 quadros e desde aí nunca mais parei… Surgindo depois em 2002 a minha imagem de marca: o coração.

Explica-nos um bocadinho o que é que acontece quando estás a criar. 
Quando crio fico muito feliz, electrilizada com as cores que amo  – quase todas  – e tranquila e calma ao mesmo tempo, é como se fosse uma meditação.
Para além da pintura que outras formas de arte te “tentam”? 
A ilustração, que vou tentar começar a fazer a curto espaço. A escultura, que ainda hei-de fazer daqui a uns anos.  A moda também está muito presente na minha vida mais pela forma apaixonada que brinco com as peças e acessórios que visto e ponho para tornar o meu dia bonito e diferente dos outros.
O que é que te falta fazer? 
Taaaaanta coisa!!!! Ilustração, transformar/pintar mobiliário, expor fora de Portugal, aplicar a minha linguagem em muita coisa, fazer novos temas na minha pintura, desenhar todos os dias.

O que é que querias ser, quando eras pequenina? 
professora primária e pintora.
 

A criatividade é como uma droga?
É. Totalmente!!! Fico triste quando não pinto , pesquiso, desenho, por exemplo ponho-me a olhar parao meu material durante 3 dias.

O que é que gostavas que te perguntassem e nunca te perguntaram?
acho que me perguntam tudo lol.

Que sites costumas consultar?
vintageaffair, maria guedes, eye love fashion, ana mesquita-fashion for fun, fashionistas World, the man repeller, made by girl, vintage&chic, instyle, vogue.es, , centsational girl e “salpico” muitos outros.

Uma pessoa que tu consideres muito cool:
Uma só?!!!
O meu namorado!! Muitos meus amigos. Ana Mesquita. Júlio Pomar. 

Uma ideia cool para o país:
Dizer-se bem de Portugal. Pelo menos arranjar o foco do bom! Apostar-se mais na arte no geral ;). Sorrir para quem se gosta e para tudo o que se tem de bom que “só” isso é uma dádiva maravilhosa. Fazer-se realmente o que se gosta muito, reflecte-se na linguagem corporal/ energia/ não queixas e evolução do país.

Se são  ou ficaram fãs dela como nós… basta contatar:
facebook:alexa:empresa
alex.jysas@gmail.com
Vanessa da Trindade

Vanessa da Trindade
Fui jornalista, mas a vida roubou-me para o marketing. Durante mais de 10 anos trabalhei para espanhóis e odiei. Quando decidi mudar, trabalhei para anglo-saxonicos e odiei ainda mais. Mandei tudo às favas. Redediquei-me ao jornalismo, aos estudos e à escrita, e depois debitei esta ideia.
Passo a vida entre o trabalho, a casa… e a psicoterapeuta.
Tenho uma má relação com o telemóvel; não acho piada a homens bonitos; adoro estar sozinha; e não largo a máquina fotográfica.
Nunca mais vou usar fio dental (no rabo, claro!) e vou usar sempre palavras difíceis.

Admiro profundamente o meu marido e a minha filha.
Facebook Twitter LinkedIn 

alex.jysas@gmail.com Alexa Jesus

1 comentário: